quarta-feira, 19 de dezembro de 2012

Gengibre!


O gengibre é uma especiaria comumente utilizada devido ao seu sabor adocicado e seu aroma pungente. 
Essas características são graças aos gingerois e shogaois, que também são responsáveis por sua ação antioxidante.


Originário do sul da Ásia, atualmente encontra-se espalhado pelo mundo.
E não é pra menos!


Está presente em diversas preparações culinárias, de molhos para carnes a bebidas alcoólicas, incluindo doces, legumes, biscoitos, geleias e até sucos. 
Na Jamaica é feita uma cerveja de gengibre (deve ser um tanto exótica!) e no Brasil está presente no tradicional quentão das Festas Juninas.


Na medicina popular, o gengibre é utilizado para combater dispepsias, inapetência, cólicas, insônia e dores causadas por traumatismos.
No entanto, várias propriedades do gengibre foram comprovadas em experimentos científicos, citando-se as atividades antiinflamatória, antiemética, antimutagênica, antiúlcera, hipoglicêmica, antibacteriana, entre outras.


Entre os estudos que li, ele foi estatisticamente superior ao placebo quando testado no tratamento da asma.
Com relação à dor da osteoartrite de joelho e quadril, não houve comprovações científicas de sua eficácia.
Amplamente (mesmo!) investigado quanto ao seu poder anti-hemético, conclui-se que pode ser usado como um importante
adjuvante na prevenção de náuseas e vômitos, antes de se lançar mão de medidas terapêuticas alopáticas convencionais.
  

E outro achado que, pelo menos pra mim, é novidade, é que o gengibre também tem um efeito significativo na redução de triglicerídeos e colesterol sanguíneos!
Então não perca mais tempo, comece já a incluir o gengibre em sua alimentação, principalmente na forma de sucos e chás!


Uma sugestão legal é bater dois copos de suco de laranja com meia cenoura e uma colher (sopa) de gengibre picado. Adoce com um pouquinho de mel.
Além de super refrescante, diiiiiiizem que evita a formação de gases! Não custa tentar, não é?


Nenhum comentário:

Postar um comentário